Você Sofreu Acidente de Trabalho? Nós Ajudamos Você

A Responsabilidade é do Empregador

Sofreu algum acidente no exercício de sua profissão? Lesões por esforço repetitivo (LER), Doença profissional, acidentou-se no caminho para o trabalho ou voltando de lá, acidente em serviço externo? Marque um horário e consulte seus direitos com nossos advogados!

Acidente de Trabalho

Afastamento temporário do trabalho, invalidez e até a morte são os males causados em um acidente de trabalho.

Indenizações trabalhistas são os recursos legais para os trabalhadores e suas famílias em casos onde ocorre este tipo de sinistro e o empregador é negligente quanto aos direitos trabalhistas, ou em caso de maiores problemas ou injustiças ligadas ao INSS e suas ações indenizatórias.

No âmbito do acidente de trabalho, temos: doença profissional e doença do trabalho, onde a primeira refere-se a males desencadeados pelo exercício da profissão e a segunda adquirida em funções de condições especiais onde o trabalho é realizado e tem relação direta disso.

Acidentes de trabalho ocorrem quando o empregado se acidenta executando sua função no emprego ao qual pertence, ou em qualquer atividade relacionada com a empresa à qual trabalha em que foi convocado, dentro das dependências da empresa, exercendo trabalho externo e também no trajeto de casa para o trabalho e vice-versa. Sendo para isso necessário uma relação entre a atividade na qual o empregado se acidentou e o exercício do cargo à que executa na empresa, ou, seu cotidiano de deslocamento para o ofício.

Quando ocorre um acidente, a perícia do INSS é o órgão competente para determinar o grau de afastamento. O que não exclui uma possibilidade de processo a favor do acidentado quando negado o direito trabalhista, ou a par de qualquer injustiça no julgamento pericial.

Estabilidade Por Acidente de Trabalho

Conheça Seus Direitos

Durante o período de afastamento o funcionário só pode ser demitido sob um inquérito para apurar falta grave.

É importante que se entenda que o acidente de trabalho ocorre na habitualidade do cotidiano do trabalhador com suas rotinas relacionadas ao emprego, suas atividades e do emprego ao domicílio.

Fique atento! Enquanto o empregado estiver afastado o empregador deve manter o recolhimento do FGTS. Este recolhimento é feito com base no salário do empregado e não pelo benefício oferecido pelo INSS.

Tags: acidente de trabalho, lesões por esforço repetitivo no trabalho, doença do trabalho, acidente a caminho do trabalho, doença profissional, demissão após acidente de trabalho, salário cortado após acidente de trabalho.