Você precisa rever seus cálculos trabalhistas

Conheça seus direitos

Está em dúvida quanto ao valor que seu patrão lhe deve? Férias, INSS, FGTS, 13º, entre outros? Se as respostas forem sim, é hora de marcar uma consulta com nossos advogados!

Advogado Trabalhista em Campinas e Itatiba faz Cálculo Trabalhista

Durante o cotidiano trabalhista diversas vezes é possível que o empregado se veja em situação de remuneração desfavorável. Essa dúvida diante do valor real de contribuições e remunerações trabalhistas são problemas graves que devem ser tratados com todo o rigor da lei. Tanto para empresa como para o funcionário. É sempre um grande problema e merece atenção.

A Wneves Advocacia é especializada na realização desses cálculos. Para saber corretamente todo o valor devido é preciso diversos cálculos e condições específicas em cada situação em particular.

Dentre esses cálculos temos valores de rescisão de contrato, férias, INSS, FGTS, IRRF, cálculo de salário liquido, rescisão CLT, salário bruto, seguro desemprego, hora extra, férias, 13°, muitas vezes também, salário família, periculosidade, insalubridade e salário anual.

Em outro âmbito também possuímos o calculo comparativo de salário PJ contra CLT, custo de funcionário da empresa. São todos os valores devidos pelo empregador ao empregado. Devem ser cobrados, conforme o caso, pois são direitos legítimos e celebrados na CLT, por serem direitos dos trabalhadores.

Advocacia Trabalhista

Assessoria em Cálculos Trabalhistas

Tudo com relação à jornada deve ser avaliado. Tempo total da jornada de trabalho, trabalho noturno, adicionais, benefícios, comissão, etc. todos os benefícios devem ser avaliados para que não haja erro no cálculo.

São diversas as multas aplicadas ao empregador, dependendo de convenções coletivas ou não. Inclusive acordos e até dissídios em cumprimento de valores realistas no momento do cálculo.

Tanto na rescisão do contrato como em correções pontuais de remuneração, devem ser observados com muita seriedade e convicção, pois esses direitos devem ser cumpridos.

Fique atento! Quando o empregador de alguma forma se recusa a pagar os valores corretos devidos, a coleta de testemunhas e comprovações da habitualidade profissional são muito importantes para comprovar a jornada de trabalho. Todas as provas coletadas são válidas em casos como esses.

Tags: remuneração, salário, pagamento 13, cálculo trabalhista, cálculo de salário, salário bruto, salário parcelado, FGTS, IRRF, INSS, erro de cálculo salarial, pagamento de benefícios, pagamento de comissões, correção de salário, correções de remuneração.